Escolha uma Página

Engana-se quem acredita que o Simples Nacional é um regime simples de se trabalhar. Bom pelo menos se o objetivo é garantir que as empresas paguem de fato a menor carga tributária possível, ou no mínimo tentar.

Muitas vezes o que acontece é que alguns escritórios de contabilidade utilizam uma espécie de “script padrão” para inúmeras empresas, de diversos segmentos e talvez até de diversos regimes de tributação.

Já vi contadores insistindo, por exemplo, que uma determinada empresa do Regime Simples Nacional deveria colocar o código CST nas suas notas fiscais de venda, e não um “tal de CSOSN”.

Claro que o caso citado acima é uma exceção, um pico do lado negativo. Porém, se nos atentarmos para os detalhes, iremos perceber inúmeras situações que tornam possível a redução da carga tributária, e é exatamente sobre isso que falamos nesse episódio do Podcast +Contabilidade +Sucesso!

Um bom vídeo pra você! :D